Fique atendo à sua expressão facial!


Ser capaz de ler expressões faciais é uma habilidade extremamente importante e muito automática. Há muito tempo atrás os homens das cavernas se utilizavam dessa técnica para saber se um indivíduo era amistoso ou hostil. Pode ter certeza que essa era uma técnica de grande valor.

Usamos isso até hoje, antes isso poderia significar a diferença entre a vida e a morte para nossos antepassados, talvez nem sempre seja uma situação tão drástica assim para nós atualmente, mas com certeza é importante. Nos tempos das cavernas era preciso fazer isso no ato; não dava tempo de conversar e analisar a pessoa para saber se ela era boazinha ou não. Isso levando em consideração que eles falassem as mesmas línguas ou que ao menos falassem alguma língua. Ao longo da nossa evolução, uma região cerebral se especializou em julgar rostos. 

Quando você vê uma pessoa pela primeira vez, inconscientemente você analisa o rosto dela. O processo dura frações de segundo e é inconsciente, ou seja, você não percebe que está acontecendo. Sabe aquela primeira impressão instantânea, que parece puro instinto e sempre temos ao conhecer alguém? Pois é, ela influencia e muito no começo de qualquer relacionamento seja ele qual for. 

Pode ter certeza que a primeira vez que uma pessoa te ver, sem perceber ela fará esse julgamento e será importante na formação da opinião dela sobre você. Lógico que opiniões mudam, mas... Pois então, nada melhor do que já começar bem. Trate de por um sorriso no rosto, no mínimo você irá ganhar brilho em sua vida.

Temos que fazer alguma coisa.





Mas do que estamos falando afinal de contas? Fazer o que? Devemos fazer tudo que estiver ao nosso alcance. Temos que adotar uma postura proativa.  

Devemos propor melhorias, levantar questionamentos, fazer as devidas correções nos planejamentos que não estiverem dando certo, devemos resolver falhas, devemos ensinar o próximo, devemos colocar  a mão na massa. O que estou falando aqui é que devemos fazer com que as coisas andem dentro da organização. A empresa sempre precisa de pessoas que realizem ou que pelo menos tente realizar o que estiver dentro de suas possibilidades.

O que estou querendo dizer é que você não precisa ser gerente ou presidente da empresa para fazer a diferença nela. Basta ter vontade, colocar a cabeça para pensar e “arregaçar as mangas”. Muitas vezes podemos encontrar até mesmo uma cultura empresarial resistente, não estou falando para dar murros em ponta de faca ou sair pulando as linhas de autoridade, respeitar é importante. Sugiro uma verdadeira participação de cada colaborador dentro de seu ambiente de trabalho, cada um sabe a cultura de sua empresa e deve se adequar a isso. 

Todos nós temos a capacidade de sermos criativos, mudarmos nosso ambiente e produzirmos muito mais. Especialistas dizem que o ser humano usa apenas uma parte de seu potencial. Se esforce, você sempre pode render mais e melhor. Faça de seu trabalho um estimulo para sua vida, jamais deixe que ele se transforme em um fardo.


O que precisamos fazer é sempre estarmos dispostos a melhorar nosso ambiente propondo melhores processos, sugerindo boas ideias e realizando quando for o caso. O sucesso da empresa depende do empenho de cada colaborador independente da posição. Nossas atitudes fazem a diferença.


O mundo corporativo sempre tem algo a melhorar e nos somos esses agentes no nosso meio. Não adianta ter uma ideia se ela não é compartilhada ou executada (se aprovada) é preciso estar disposto fazer as coisas acontecerem. Isso vale para sua vida. Você é responsável pelo seu "destino". E você, vai se mover?

Copa do mundo: o problema crônico do “jeitinho brasileiro”.




Já começo esse texto envergonhado. O “jeitinho brasileiro” se tornou algo deplorável, uma desculpa injustificável para fazer errado. Quer saber por quê?


Acredito no jeitinho brasileiro do cidadão honesto que enfrenta dificuldades e vive a vida com criatividade e alegria. O cidadão que se vira nos trinta, cria negócios, inventa soluções do nada para realizar seus objetivos. Acredito no jeitinho brasileiro que o transforma em um empreendedor nato. Esse sim eu acredito. Esse é o jeitinho brasileiro que faz de nós únicos e nos trás orgulho. Esse Jeitinho nos transformou em um dos países com maior nível de empreendedorismo do mundo.


Agora nesse jeitinho brasileiro da malandragem, de arrumar desculpa, de querer tirar vantagem do próximo. Esse jeitinho brasileiro que caracteriza o homem corrupto. Esse eu me envergonho grandemente. Agora deram para dizer que os atrasos nas obras fazem parte do jeitinho brasileiro. No meu ponto de vista todos esses problemas fazem parte de uma gestão publica incompetente em realizar suas atividades com eficiência, eficácia e honestidade (Afinal de contas quanto mais atrasos, mais dinheiro injetado para atender um prazo já muitas vezes dilatado e cada vez mais apertado).


O ministro esqueceu-se de zelar pela honra e integridade do povo brasileiro. Aldo Rebelo disse que "Nós também temos os nossos problemas civilizatórios. Um deles é o do atraso. A gente atrasa até para sair de casa para o cinema, para o restaurante. É correndo que o menino vai para a aula, está certo? Fica esperando um se aprontando, que não terminou... Então, isso é uma coisa da nossa cultura, mas tudo funciona." Aldo em seu discurso monumental continua a dizer abobrinha, ou não, o que pode ser pior ainda "A única coisa que não atrasa no Brasil, sabe o que é? Partida de futebol. Então, como (a Copa) é um torneio de futebol, acho que o atraso será muito menor." Comentários de um ministro.


Em toda copa o que vemos são suscetíveis comentários de autoridades publicas e designadas nesse mesmo nível. É uma enxurrada de falta de senso que mostra claramente o perfil daqueles que estão à frente da gestão de nosso país. Pessoas acostumadas a dar desculpas e ludibriar o povo. Uma coisa é certa, não existe justificativa aceitável para a incompetência na gestão do dinheiro público. Lógico tudo tem sua exceção, mas o que é dito para copa fica evidente em toda parte na gestão pública de nosso país o que é algo triste de se constatar. Esse jeitinho aí não nos representa.

A importância de sua participação.


As empresas nada mais são do que sistemas assim como nós seres vivos. No corpo humano existem varias partes diferentes, os orgãos, que são responsáveis pelos mais diversos processos. Estes processos resultam no todo, a vida. Assim como seres vivos são as empresas. As interações dos órgãos são representados  pelos setores e pessoas. Todos desempenham atividades diferentes e cada um tem sua especificidade, cada uma tem a sua importância, cada um tem a sua participação.

Todos devemos cooperar para o resultado do todo, caso contrário fatalmente os resultados serão limitados. No final das contas todos colaboram para um resultado em comum mesmo que as atividades sejam totalmente diferentes, são essas atividades exercidas pelos colaboradores, você, que dão vida a empresa. 

Quanto mais participativas são as partes, maiores são as chances de sucesso e desenvolvimento das organizações. Pois assim como nos seres vivos se uma parte para de funcionar direito é o sinal de que temos problemas. É Assim que funciona. Todos nós que colaboramos, em qualquer atividade que seja, somos diretamente responsáveis pelos resultados alcançados. 

Os resultados estão inteiramente interligados com o desempenho das partes. Quanto mais participativos forem os colaboradores da empresa, e claro, a empresa permitir e estimulem que o sejam, maiores serão as probabilidades da empresa obter sucesso e aumentar sua participação no mercado. Assim maiores são as possibilidades de todos os envolvidos alcançarem o sucesso e a empresa continuar sempre viva.